Recuperação Ambiental - Restauração de Áreas Degradadas

Uma área devastada pode ser reflorestada por duas técnicas diferentes: O reflorestamento com espécies nativas, procurando restituir a riqueza e a biodiversidade da floresta original, realizada a partir de um levantamento das espécies características que a constituíam anteriormente, e o reflorestamento realizado com espécies de crescimento rápido, como eucaliptos e pinheiros. Embora o reflorestamento de mata nativa seja aconselhado, não se pode negar que as monoculturas com espécies resinosas podem se constituir numa alternativa para a produção de papel e celulose.
Para a restauração da área são elaborados projetos de revegetação e executados plantios com indicação de espécies vegetais visando melhorar as interações ecológicas e atingir uma reabilitação do meio físico e biótico. Alguns exemplos de serviços prestados neste âmbito são:
-Projeto de Recuperação de Área Degradada (PRAD);
-Controle Agro-Ambiental;
-Recuperação Ambiental com Projeto de Reflorestamento.